domingo, 1 de fevereiro de 2009

“Dia dois de fevereiro é dia de festa no mar. Eu quero ser o primeiro a saudar Yemanjá(...)”




Na virada do ano, sempre que posso estar na praia, findos os abraços e beijos, costumo fazer uma saudação: Odô Iyá! e ir me benzer no mar.

Na Bahia, uma boa mistura entre Oxun (das águas doces), Nossa Senhora das Candeias e Yemanjá (Rainha do Mar) trouxe a comemoração pro dia 2 de fevereiro, embora não seja realmente o dia dela (que é 08 de dezembro, dia de Imaculada Conceição).

Mas amanhã é dia de comemorar, de saudar Yemanjá! ...e eu queria estar lá no Rio Vermelho...
Além disso, eu herdei da minha avó Lucinha (que adora Gerônimo) uma música que sempre me vem, quando eu vejo o mar...






AGRADECER E ABRAÇAR
(Vevé Calazans - Gerônimo)


Abracei o mar na lua cheia, abracei
Abracei o mar
Abracei o mar na lua cheia, abracei
Abracei o mar
Escolhi melhor os pensamentos, pensei
Abracei o mar
É festa no céu, é lua cheia, sonhei
Abracei o mar
E na hora marcada Dona Alvorada chegou para se banhar
E nada pediu, cantou pro mar
E nada pediu
Conversou com o mar
E nada pediu
E o dia sorriu...
Uma dúzia de rosas, cheiro de alfazema, presentes eu fui levar
E nada pedi
Entreguei ao mar
E nada pedi
Me molhei no mar
E nada pedi
Só agradeci...


Amanhã, tomo um banho redentor logo cedo, visto branco & azul, uso um colar de contas de vidro, perfume de Alfazema... peço proteção, agradeço, faço minha saudação... e saio me sentindo bonita e abençoada.

Bom Dia de Yemanjá!
Boa segunda!

Um comentário:

Cláudio Luiz disse...

Reze por mim também.