terça-feira, 9 de outubro de 2007

Dementação



(Carlos Ramón / clramon@yahoo.com.ar)


A gente percebe que a cabeça da pessoa não tá boa e anda severamente avariada quando ela, em meio a uma tempestade REAL, sonha com o amigo lindo e fofolucho.... na neve, de cachecol e luvas! Sendo que ela estava lá tb, num encontro delicioso, pero enigmático e sem razão de ser.





Como doido atrai lunático, o encontro em si aconteceu REALMENTE, no cerrado seco, dois dias depois, ocasionalmente, numa madrugada quentíssima de um sábado qualquer, em que os dois praticamente enraizaram no asfalto de tanto falarem, de pé.








Não bom!








A gente percebe que a pessoa está perturbada quando não há chá de "calomila" (como diz meu caçula) que a ponha pra dormir; quando o máximo de fome que a criatura sente se resume a uma garrafinha de água; e quando ela jura com todas as forças que entre 01h e 05h é praticamente meio-dia.








Nanananina.








E a gente conclui que a criatura avariada et prejudicada acima deu PT ( perda total, sem gracinha!) quando vê que ela resolveu arrumar TODOS os armários da casa (inclusas as prateleiras de livros e a as caixas de fotos desde 200A.C), às 2h da matina, de pantufas, pra não acordar o resto da família.








tsctsctsc








Mas como o pior sempre vem, a indivídua acima decide, depois de tudo acabado, que deve tomar um antialérgico, que afinal dá sono, porque mexeu em poeira demais... mas fica com medo de tomar remédio à toa e toma um...








CAFÉ!







Oh so extremely clever and highly skilled!

9 comentários:

Breno Ferreira disse...

ötimo texto!!! Preocupante também. É melhor se cuidar um pouco, ta tudo meio confuso, né?

Ana Paula disse...

Vc se superou. Eu li isso e fiquei me sentindo quase normal, até tediosa.

Arthur Tadeu Curado disse...

Não bom, não bom...
Mas adorei o post!!!!
Nos encontramos nos sonhos qualquer hora dessas. Ou no meio da rua.
Beijos

Rcesar disse...

Me lembrou um poema de nao sei quem que fala que tem dias em que a "agenda, com sua capa dura, vira uma carapaca em que eu fecho minha vida"... Mas, olha, eu jah me convenci que "carrro de boi apertado eh que canta": o mais que lidemos com tais situacoes, sairemos fortes para as proximas! Tenho certeza! err.. nem tanta certeza assim, mas acredito...

Mi disse...

hahahahahaha.....fiota, a gente pode dar as maos e sair pro mundo, neh???
Amo vc, do jeitinho q vc eh!

Lu disse...

pantufa no serrado?????? quero um split desse fia, onde vende? hahahah
bjo
te amo

Maria Muadié disse...

ô meu deus, pensei que só eu tava doidinha...não tenho insônia, mas estou...estou...
...
...
...
PS: Morri de inveja da rapidez da sua arrumação. Estou literalmente com os livros TODOS pelo chão, esperando para por nas estantes, que finalmente hoje, depois do quarto pintado, foram limpas. Socooooorrroooo

Gisa disse...

Bela meu amor vc seu estado de madrugada parece o meu quando tomava bola pra emagrecer. Eu queria passar aspirador na casa as 3 da manhã. Como meu marido, óbvio, não concordava eu passava roupa.
E no dia seguinte ia trabalhar completamente zureta.
Cuide-se!
Vá toma chá de calomila que dá mais certo.
Beijos

Bela disse...

Nossa Breno, vc é médico, né?
Vou seguir suas orientações re-li-gi-o-sa-men-te. ;o)
Beijo e seja bem vindo ao meu rol de maluquices.

Aninhamada, aqui tá um turbilhão sem intrervalo pra tédio, sacumé?
Liamo, frô.

Arthur, meu amigo da neve e do cerrado, uma amiga disse; "minha filha, tem amigo até debaixo d'água, né? Esse ai é até debaixo de neve!" hahahahahahahaha
é nois, né, amoreco?
Break a leg!
Beijos beijos da fila do gargarejo.

Renato queridíssimo,
não dizem que depois da tormenta vem a bonança? Tomara meeeesmo, viu?
Creio mais nisso do que na minha capacidade de aperfeiçoamento! hahahahahahahahahaha
beijos, beibe

Mimizoca de mio cuore,
bora sair de braço dado por ai!
Como estamos, amore?
beijos triplos
liamo mucho

Luuu-uuu,
que saudade da peste, minha nêga!
Aqui tem cada um que vc ia adooorar! e nem precisa comprar, que aqui em casa tem de baciada!
hauhauhauhhuahha
Te amo, sis.

Marthinha, não me inveje, não.
Minha arrumação é só um jeito de passar o tempo insone e cheio de perturbação de um jeito produtivo...driblando a cabeça com o movimento do corpo, entende?
Pura ansiedade direcionada!
Mas passa e a casa fica um luxo(pelo menos isso, né?)!
Já somos colegas de projeto? macabéas?
beijos beijos

Gi, mon amour,
num tomo essas coisas que eu sou hiper sensível e medrosa tb.A minha anfetamina é a dura realidade, querida!
Podexá que eu já tô num regime de maças, alfaces, camomila e congêneres-calmantes-naturebinhas, viu?
Merci.
je t'embrace


Bela